Sábado
13 de Julho de 2024 - 

Controle de Processos

Newsletter

Previsão do tempo

Segunda-feira - Itabor...

Máx
32ºC
Min
23ºC
Chuva

Terça-feira - Itabora...

Máx
35ºC
Min
25ºC
Parcialmente Nublado

Quarta-feira - Itabora...

Máx
36ºC
Min
27ºC
Parcialmente Nublado

Quinta-feira - Itabora...

Máx
35ºC
Min
25ºC
Parcialmente Nublado

JFES sedia, pela primeira vez, sessão presencial do Conselho de Administração do TRF2, em Vitória*

Publicado em 10/07/2024 A realização da sessão de julgamento, em Vitória, foi um marco na história da Seccional e simbolizou a importância da Seção Judiciária para o TRF da 2ª Região, que completa este ano 35 anos de instalação   O juiz federal diretor do foro Rogerio Alves e o desembargador federal Júdice Neto foram convidados a tomar assento ao lado do presidente   A Justiça Federal do Espírito Santo (JFES) sediou na tarde de ontem, 8/7, no auditório de seu fórum, em Vitória, uma sessão presencial de julgamento do Conselho Administrativo do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2). “É a primeira vez que o Tribunal realiza uma sessão do Conselho de Administração fora de sua sede, no Rio de Janeiro, notadamente na Seção Judiciária do Espírito Santo”, declarou o presidente do TRF2, desembargador federal Guilherme Calmon Nogueira da Gama, na abertura da sessão. De acordo com o magistrado, o objetivo era simbolizar a importância que a Seção Judiciária capixaba tem na trajetória do TRF da 2ª Região, que está completando 35 anos de instalação. O desembargador federal agradeceu o diretor do foro da Seção Judiciária, juiz federal Rogerio Moreira Alves, por ter acolhido a sugestão ‘desde o primeiro momento’. Nas pessoas de Rogerio Alves e do desembargador federal Júdice Neto, outro capixaba presente ao ato, Guilherme Calmon homenageou todos os juízes federais que passaram pela Direção do Foro da Seccional nas três últimas décadas e meia. “Todos contribuíram para que a Seção Judiciária do Espírito Santo, tivesse hoje a importância que tem para os capixabas e para a Justiça Federal da 2ª Região”, declarou o presidente, agradecendo também o empenho da equipe de servidores da JFES que tornou possível a realização daquele ato solene, em Vitória.   Desembargadores(as) federais: Wanderley Sanan, Andréa Esmeraldo, Aluisio Mendes, Guilherme Calmon, Leticia Mello e Júdice Neto   Presenças A sessão contou a participação dos membros titulares do Conselho – além do presidente, os desembargadores federais Aluisio Mendes (vice-presidente) e Wanderley Sanan Dantas e as desembargadoras federais Leticia De Santis Mello (corregedora-regional) e Andréa Cunha Esmeraldo. O desembargador federal Alberto Nogueira Junior não estava presente, por motivo de férias. Guilherme Calmon registrou a presença do presidente da Associação dos Juízes Federais (Ajufe), juiz federal Caio Marinho, e da presidente da Associação dos Juízes Federais do Rio de Janeiro e do Espírito Santo (Ajuferjes), juíza federal Marceli Siqueira, que participaram por videoconferência. Também agradeceu a participação presencial dos juízes federais Ronald Krüger Rodor (vice-presidente da 2ª Região na Ajufe), Aylton Bonomo Junior (vice-presidente do Espírito Santo na Ajuferjes), Alexandre Miguel, “que já foi diretor do foro desta Seção Judiciária”, e André Luiz Martins, da Subseção de Cachoeiro de Itapemirim. Registrou, ainda, a presença do procurador-chefe da Escola Superior da Procuradoria Geral do Estado do Espírito Santo (PGE-ES), Alexandre Alves.     Sobre Ronald Krüger, o desembargador federal destacou a qualidade de seu trabalho, não só na atividade judiciária propriamente dita, mas também como auxiliar daquela Presidência no Tribunal e como coordenador operacional do Fórum Permanente do Poder Judiciário no ES (Fojures). “Sabemos do trabalho que dá assumir essas funções além das que já temos no dia a dia como magistrados, mas ficamos sempre muito tranquilos pois sabemos que o que colocamos sob sua responsabilidade será feito e com resultados de qualidade”. Representando o Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário no ES (Sinpojufes), a servidora Gina Valéria Coelho também estava presente.   Procurador Alexandre Alves (PGE-ES) e juízes federais André Martins, Ronald Krüger, Alexandre Miguel e Aylton Bonomo   Destaque Após a sessão, na qual foram julgados 9 processos, o desembargador Guilherme Calmon, agradeceu mais uma vez pela acolhida “sempre tão calorosa” da Seccional capixaba e sinalizou a possibilidade de voltar a realizar novas sessões em Vitória. O presidente ressaltou, ainda, que outro exemplo da importância da Seção Judiciária para a Justiça Federal da 2ª Região, – formada pelo Tribunal e pelas Seções Judiciárias do Rio de Janeiro e do ES – foi o fato de ter tido uma de suas ‘boas práticas’ escolhida para representar a 2ªR no Encontro Nacional das Seções Judiciárias, realizado no final de junho, no Conselho da Justiça Federal, em Brasília/DF. O trabalho “Software Livre na Gestão Administrativa” foi apresentado, na ocasião, pelo diretor geral da JFES, Roger Croce Pinheiro.   Membros do Conselho de Administração com magistrados da JFES e a servidora Dely Barbosa Derze, diretora da Secretaria do Tribunal Pleno, Órgão Especial e Sessões Especializadas do TRF2   Memória Após a sessão, os magistrados se confraternizaram na Sala de Autoridades, no oitavo andar da sede. Na ocasião, os desembargadores federais receberam do juiz federal Ronald Krüger o livro “Memória Institucional da Seção Judiciária do Espírito Santo”. por ele organizado.   Ronald Krüger entrega o livro ao desembargador federal Wanderley Sanan   A desembargadora federal Andréa Esmeraldo também recebeu o livro sobre a história da Seccional capixaba   *Fonte: SJES Compartilhar: Assuntos:Conselho de AdministraçãosessãoSessão de JulgamentoSJESTRF2
10/07/2024 (00:00)
Visitas no site:  63601
© 2024 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.